• LOL Risos

    Um momento em que o Pokéfusion foi longe demais

     

    Essa noite eu terei pesadelos. O culpado é esse cara.

  • Colunas

    Logan – I will make you hurt (review SEM SPOILERS)

    O último filme de Hugh Jackman como Wolverine chega aos cinemas na semana que vem, em Logan. Na despedida do ator, preparamos duas reviews sem spoilers pra você saber se vale a pena conferir nos cinemas…

    Review Logan – “Não seja aquilo que te fizeram” nos outros filmes (por Aloisio Bueno)

    Bem… Antes de mais nada, esqueça tudo que você já viu do Wolverine. Não comece a ler esse texto se você tem na cabeça que vai ver algo como, garras aquecidas ou lutas contra armaduras de samurais, tecnológicas e bizarras. Esqueça, pois não foi feito nenhum filme do Wolverine antes desse. E é assim que devemos agir para que a sociedade mantenha o equilíbrio daqui em diante.Continue Lendo

  • Random

    Cultuaremos #3 – Czernobog, o deus eslavo do caos, das trevas e do mal

    Cansado de frequentar igrejas católico-romanas? De adorar deuses sem graça e que criam um monte de regrinhas de pode isso não pode aquilo?
    Seus problemas acabaram! Tá no ar o #CULTUAREMOS de hoje, onde conheceremos mais sobre um deus da mitologia eslava…

    CZERNOBOG, o deus do caos, das trevas e do mal.

    Tapete de corpos humanos, o tecido preferido do deus eslavo

    Em sua mitologia, os eslavos acreditavam que ele e sua contraparte, Belobog, deus da luz e da bondade criaram o universo. Suas personalidades contraditórias fizeram com que ambos entrassem em conflito e suas ações fizeram o universo como ele é agora. Reza a lenda que Belobog é, na verdade, uma personalidade de Czernobog (SHABLAU!!!).

    Na verdade, muito pouco se sabe sobre o deus já que os únicos relatos são de colonizadores cristãos. Os eslavos associavam o deus ao inverno e à escuridão, mas nunca com desrespeito pois o consideravam parte do ciclo da vida, um mal necessário.

    Mais birrentos que os irmãos Gallagher

    A adoração a Czernobog é pra quem tem a alma maculada, a galerinha do mal. No livro Deuses Americanos, Neil Gaiman retrata o deu com um martelo gigante (o ban hammer) e que os sacrifícios de animais eram sua principal fonte de adoração. Os rituais precisam ser feitos à noite e no frio, preferencialmente utilizando roupas pretas.

    PONTOS POSITIVOS:
    – Deus estileira da porra;
    – Pode ser invocado através de maldições proferidas;
    – Prefere o inverno, deus do frio.

    PONTOS NEGATIVOS:
    – Poucas informações sobre suas lendas;
    – Rituais no frio podem te fazer pegar gripe;
    – Tem dupla personalidade, pode ser incomodação.

    Conclusão: Mesmo com poucas lendas sobre o deus, sua história é bem interessante e aborda a dualidade do universo e da vida. Exige sacrifícios de animais, como bois, então um churrasco pode ser uma boa pedida. Pra quem prefere o inverno é o deus perfeito. Mas não esqueça que, após invocá-lo, o ideal é chamar Belobog pra que equilibre as forças.

  • LOL Risos

    Você não me diz o que fazer

     

    Yes we can, thanks Obama!

    Pô, não precisa traduzir o post nesse caso, né?

Carregar Mais
Topo