CapinaLemos

CapinaLemos – O Adulto

Salve amigos CapinaLeitores!

Hoje vamos falar de um livro pequeno mas muito intenso de uma de minhas autoras favoritas da atualidade, Gillian Flynn!

Se você ainda não sabe de quem estou falando, vamos a uma breve introdução:

Gillian Flynn é a mente genial, criativa e perturbada por trás de livros como Garota Exemplar e Lugares escuros (Ambos já têm seus respectivos filmes).

Segue a sinopse do livro: Uma jovem ganha a vida praticando pequenas fraudes. Seu principal talento é a capacidade de dizer às pessoas exatamente o que elas querem ouvir, e sua mais recente ocupação consiste em se passar por vidente, oferecendo o serviço de leitura de aura para donas de casa ricas e tristes.Certo dia, ela atende Susan Burkes, que se mudou há pouco tempo para a cidade com o marido, o filho pequeno e o enteado adolescente. Experiente observadora do comportamento humano, a falsa sensitiva logo enxerga em Susan uma mulher desesperada por injetar um pouco de emoção em sua vida monótona e planeja tirar vantagem da situação. No entanto, quando visita a impressionante mansão dos Burke, que Susan acredita ser a causa de seus problemas, e se depara com acontecimentos aterrorizantes, a jovem se convence de que há algo tenebroso à espreita. Agora, ela precisa descobrir onde o mal se esconde, e como escapar dele. Se é que há alguma chance. Em seu estilo inconfundível que arrebatou milhares de fãs, Gillian Flynn traça surpreendentes e intrigantes perfis psicológicos dos personagens e tece uma narrativa repleta de suspense ao mesmo tempo em que brinca com elementos clássicos do sobrenatural.

Este pequeno livro de 64 páginas é um conto muito bem escrito por Flynn que lhe rendeu um Edgar Award. O livro foi escrito por ela a pedido de ninguém menos  que George R. R. Martin, fã declarado da autora.

Fiquei curioso pelo tamanho do livro, pois as outras obras que li de Flynn sempre nos trazem características detalhadas de seus personagens doentios (e comuns, o que mostra o quanto nós somos doentios). Aqui, mesmo com poucas páginas ela nos introduz no íntimo da história de cada um deles e nos traz um conto com um misto de mistério e terror.

A jovem golpista que protagoniza nossa história nos conta como ela e sua mãe praticavam golpes desde sempre e como ela foi se aperfeiçoando nisso com o passar dos anos. Apesar do caráter duvidoso, ela vai se prontificar a ajudar Susan (Mais pelo dinheiro do que por pena, mas enfim) e é aí que seus problemas começam. A casa e a família escondem segredos e possuem histórias que trazem todo o tipo de problema a vida da golpista.

Confesso que ao término da leitura, fiquei decepcionado por alguns minutos. Mas depois pensando, vendo o título do livro e relembrando de tudo que ele fala percebi que eu criei expectativas superficiais sobre os fatos e não percebi o que realmente estava acontecendo. Por vezes nós esquecemos do que as pessoas são capazes (Incluindo eu e você nesta lista) para atingir seus objetivos. Desde desvio de conduta e trapaças pequenas até coisas de proporções absurdas. A um tempo li um caso de um cara que passou 18 anos mentindo sobre seu trabalho para a família.

Quando a situação ficou fora de controle e ele não pode mais sustentar a mentira, sabem o que ele fez? Conseguem imaginar?

Isso mesmo, ele matou toda a família. Consegue imaginar? Conseguem acreditar?

Flynn novamente mostra o quão surpreendente (E assustador) pode ser falar de algo tão comum: Pessoas.

E você? O quão longe já foi por alguém ou algo? Quantas vezes fez algo duvidoso para chegar onde queria? Quão longe a sua mente já fez você chegar?

Padilha

 

Comentários

Populares

Topo