CapinaLemos

CapinaLemos – A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra

Olar queridos CapinaLeitores!!!

Hoje iremos falar sobre um livro leve, daqueles bem tranquilos, para passar o tempo.

Como diria uma amiga, o famoso “Livro Sessão da Tarde”.

Recebi a indicação do mesmo exatamente com essa premissa, e confesso que ele atendeu a expectativa.

O livro em questão chama-se A Livraria 24 Horas do Mr. Penumbra.

 

Segue os dados técnicos do livro e a resenha oficial:

Titulo Nacional: A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra

Titulo Original: Mr. Penumbra’s 24-Hour Bookstore

Autora: Robin Sloan

Tradução: Edmundo Barreiros

Editora: Novo Conceito (Grupo Editorial Novo Conceito)

Ano: 2013

ISBN: 978-85-8163-023-6

Número de páginas: 288

Sinopse: A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo. Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler. Mas Jannon é curioso…

Isso mesmo senhores, temos aqui um livro que fala sobre livros! A história gira em torno de Clay e seus problemas após perder seu emprego.  Nosso protagonista é um homem comum, com problemas comuns e sem nenhuma pinta de herói.

Em uma mescla de tecnologia (Muitos funcionários do Google envolvidos) e história (Origem da fonte Gerritzsoon) a história nos conta como a tecnologia avançou para níveis que ainda nos parecem surreais e ao mesmo tempo o quanto a nossa história ainda tem a nos ensinar.

Eu mesmo não conhecia a história de Aldo Manúcio (Ou Aldus Manucius) um dos primeiros tipógrafos que existiu e inventos do nosso super conhecido Itálico.  Então posso ressaltar para vocês que do meu ponto de vista, além da história interessante e divertida o livro trouxe informações históricas das quais eu jamais tive conhecimento.

Já o nosso protagonista é um sujeito nada aventureiro e muito medroso. Apesar de ir a fundo com todo o desenrolar da história para descobrir os segredos da livraria, Clay entra no “Modo Hamister” em situações de perigo. Olhos arregalados, coração disparado e medo por toda parte do seu corpo. (Achei muito legal esse lance do modo Hamister).

Se você gosta de livros e está em busca de algo leve, venha conhecer o Mr. Penumbra e sua livraria peculiar.

Padilha

Comentários

Populares

Topo