CapinaLemos

CapinaLemos – A Estrada da Noite

Olááááá, Capinaleitores. Ana Spinardi aqui e vim contar que aparecerei muito esporadicamente na seção porque voltei a estudar e não tô dando conta de ler mais nada que não seja relacionado à graduação. Mas pra não morrerem de saudades de mim (até parece! rs), vim deixar mais um post pra vocês.

A Estrada da Noite conta a história de Judas Coyne, uma lenda do rock de meia idade que gosta de colecionar itens bizarros. Quando fica sabendo que há um leilão virtual oferecendo o paletó de um homem morto que, segundo a vendedora, é assombrado pelo espírito do falecido, Jude o adquire sem hesitar.

O paletó é entregue numa caixa em formato de coração e a partir daí o fantasma de Craddock McDermott, padrasto de uma ex-namorada de Jude, Anna, passa a perseguir o astro pois acredita que tem contas a acertar com ele.

Esse é o primeiro romance de Joe Hill, cujo nome completo é Joseph Hillstrom King! E… sim! Ele é filho do mestre do terror, Stephen King, mas optou por não usar o sobrenome do pai pois queria ser reconhecido por seus próprios méritos. E acho legal que filhos se desvinculem dos pais quando atuam na mesma área, porque se eu tivesse lido já sabendo de quem ele era filho, talvez criasse uma outra expectativa (maior) ou julgasse a leitura de forma diferente (com mais dureza, afinal estaria comparando o tempo todo com o pai dele).

Dedicatória de A Estrada da Noite: “Para o meu pai, um dos bons.”

Jude é o estereótipo do rockstar (ou seja, bem desprezível em vários momentos): chama as namoradas não pelo nome, mas pelo estado de origem delas (Tenessee, Flórida, Geórgia); quando Anna (Flórida) entra em depressão e começa a lhe dar muito trabalho, ele simplesmente a manda embora, de volta pra casa da irmã; deseja a morte do próprio pai, basicamente alguém que não se importa com ninguém. Mas conforme a trama evolui, passamos a simpatizar com ele e realmente torcer para que consiga se safar do fantasma de Craddock.

Nessa jornada, Jude é acompanhado por Marybeth (Geórgia), com quem está namorando há quase um ano.

Ele tem dois cachorros chamados Angus e Bon e lá pro final da narrativa adota outros dois, chamados Jimmy e Robert, o que eu curti demais, já que ele é um astro do rock e esses nomes pertencem a ícones desse estilo musical. Pra quem eventualmente não curte o som ou não reconhece os nomes, Angus Young é o guitarrista que se veste de colegial no AC/DC e Bon Scott era o vocalista da mesma banda, falecido em 1980. Já Jimmy Page e Robert Plant são, respectivamente, guitarrista e vocalista do Led Zeppellin.

Angus e Bon

Robert e Jimmy

O título original do livro é Heart-Shaped Box, como a música do Nirvana e faz sentido em inglês já que o personagem principal é um cantor e guitarrista, além de ser numa dessas caixas que ele recebe o paletó com o fantasma, mas fiquei feliz que a tradução para o portugês tenha sido diferente, porque acho que eu não me atrairia muito por uma capa com o nome “Caixa em Formato de Coração”. A Estrada da Noite é um nome interessante e mantém relação com o enredo, já que Jude realmente põe o pé na estrada tentando descobrir como se livrar do fantasma. Mas acho que como forma de também manter a ligação com o título original na diagramação, os números dos capítulos vêm dentro de corações pretos.

“…I’ve been locked inside your heart-shaped box for weeks…”

A história prende, cria tensão e curiosidade a respeito do que vem depois, mas não posso dizer que fiquei exatamente com medo ou aterrorizada. E particularmente fiquei descontente com um trecho em que Jude descobre algo a respeito do passado de Anna, não pelo que ele descobre, mas pela forma como isso surge na trama, vindo de lugar nenhum. Mas nada que desabone o trabalho do autor, é um livro legal pra quem curte o estilo, entretenimento garantido.

O segundo livro de Joe Hill se chama Horns, que significa literalmente chifres, mas foi traduzido no Brasil como O Pacto (obrigada tradutores, Joe Hill escreve bem, mas não é muito bom em títulos, na minha opinião) e virou filme com Daniel Radcliffe no papel principal, com o título nacional de Amaldiçoado.

Título: A Estrada da Noite
Autor: Joe Hill
Tradutor: Mário Molina
Páginas: 256
Edição: 1ª
Ano: 2007
Editora: Arqueiro
Literatura Americana, Terror, Suspense, Fantasmas

Comentários

Populares

Topo