Criptaremos

CRIPTAREMOS – BOA NOITE

Madrugada, quer melhor horário para ler um conto de terror?

“A noite chega e é sempre mais escura pouco antes do amanhecer, isso é, se você sobreviver até lá.”

Abra sua mente, apague as luzes e se tranque no quarto, pois agora é a hora do terror.

 

BOA NOITE

Carlos, homem, veste roupas casuais, jeans, camiseta e uma blusa de linho, apesar de razoavelmente alinhado seu rosto demonstra cansaço, em suas costas uma pequena mochila com seus pertences. Está andando na rua quando entra à esquerda, um túnel, alguns carros passam, mas logo o silêncio toma conta do ambiente, uma das lâmpadas que iluminam o túnel pisca.

Carlos anda um pouco mais depressa, ajeita a malinha nas costas e pega o celular no bolso o relógio marca 2:59h AM. Carlos enquanto olha para o celular escuta passos e rapidamente guarda o parelho no bolso.

À frente, a uns poucos metros, no mesmo lado da calçada, vindo de encontro a ele uma mulher.

Mulher, ruiva, alta, com um sobretudo vermelho, e um cachecol comprido uma das pontas segue pelas costas quase até o chão. Carlos que estava um pouco apreensivo fica mais calmo e continua seu trajeto. Ao se aproximarem a mulher tropeça e quase cai, Carlos a ajuda a se levantar

Carlos – Tudo bem com você?

A mulher acena que sim e se levanta

Mulher – Obrigado.

A mulher termina de se levantar e bate as roupas, limpando a pouca poeira que impregnou nelas

Carlos – Tome cuidado moça, aqui o pedaço não é bem iluminado e há coisas piores que um buraco na rua.

Um carro entra no túnel, passa pelos dois e projeta a sombra de Carlos na parede, mas só a de Carlos. Ele percebe o que acabou de acontecer e assustado olha para a mulher

Mulher com um sorrido diabólico – Muito piores!

 

Comentários

Populares

Topo