5 Músicas

5MÚSICAS: De artistas com outros empregos

Olá, pessoas! Neste 5MÚSICAS com tema deveras inusitado vamos falar de 5 artistas que tem não só a vida artística como ganha pão, mas conseguem fazer mais do que cantar e viver da música. Uma lista curtinha de artistas multi-habilidosos que surpreendem. Vamo lá!

Pra começar com essa lista de artistas multi-habilidosos, conto com Rob Zombie, o ex-vocalista da White Zombie. O cara além de fazer bom uso do heavy metal, que quando a banda começou em 1985 já era consagrado, inovou com temática de terror nas letras das músicas, tornando muito do que a White Zombie tinha como sendo um estilo único. Ele ainda levou esse gosto pelo sombrio mais além e hoje trabalha como escritor e diretor de filmes de terror. Ele foi o diretor do nono e do décimo filme da franquia Halloween e um monte de outros.

Continuando na temática, agora vou falar de uma atriz de série que interpreta um papel bem avesso ao mostrado quando canta na sua banda. Taylor Momsen é atriz da série Gossip Girl e, apesar de eu nunca ter assistido a série, numa pesquisa rápida consegui perceber a diferença entre a personagem Jenny Humphrey e a Taylor que escreve e compõe no Pretty Reckless. Na música prevalece muito do agressivo e do sexual, enquanto na série a personagem me pareceu até desprezar alguém que escute esse estilo músical. Peço desculpas se estiver enganado, mas como disse não assisti a série. Além disso, a moçoila também é modelo e já atuou em filmes (ela era a pequena Cindy Lou em Grinch).

O terceiro da nossa lista é um artista que fora tudo que ele faz na música (cantor, compositor, baterista, produtor e rapper) o cara já co-criou roupas, óculos de sol, tênis, sapatos, jóias, móveis e até esculturas. Além disso foi produtor executivo de filmes como Dope, produtor de Hidden Figures (concorreu ao Oscar de melhor filme em 2017) e por aí vai. Pharrell Williams tá em tudo que é arte e criação e está aqui nessa lista.

 

No quarto lugar fica um artista que começou a atuar em uma das profissões mais admiráveis mesmo após o sucesso na sua carreira como músico. Greg Graffin é vocalista do Bad Religion, uma banda de punk lá do final dos anos 70 que sempre fez criticas sociais com o uso de metáforas nas suas letras e que permanece na ativa até hoje, o que não é impedimento para Greg se dedicar a carreira de professor. Ele é formado em Antropologia e Geologia, tem mestrado em Geologia e doutorado na área de Zoologia, mais especificamente paleontologia evolucionária, e leciona Ciência da Vida na Universidade da Califórnia de Los Angeles. Um currículo ímpar, eu diria.

E para terminar essa lista, quem sabe o mais inusitado de todas as profissões citadas até agora é o que o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, faz. Além de ser o líder de uma das bandas mais icônicas do heavy metal, que viaja pelo mundo e faz shows em diversos países por ano, Mr. Dickinson ainda é o piloto do avião que transporta a banda e os equipamentos, o Ed Force One, que já visitou mais da metade do globo sob o comando do vocalista. Além disso, ele já pilotou para companhias aéreas, tem sua própria companhia, escreveu um livro e foi um dos cabeças no desenvolvimento da cerveja Trooper.

Essa seleção é só um exemplo de gente que consegue ser exemplo de que devemos fazer o que gostamos e buscar meios para fazê-lo. Se você achar que faltou alguém nessa lista, deixe um comentário que quem sabe sai a segunda edição. Aquele abraço.

Pra quem não tem Spotify:
White Zombie – Thunder Kiss ’65
Pretty Reckless – Make Me Wanna Die
Pharrell Williams – Freedom
Bad Religion – 21st Century (Digital Boy)
Iron Maiden – Wasted Years

Comentários

Populares

Topo