Colunas

Imaginaremos #25: Um tanto exaltado…

Capa Imaginaremos25


Sejam bem-vindos a mais um Imaginaremos, a coluna de RPG do Capinaremos. Hoje, com EXALTED!

 


MAS ANTES DE COMEÇAR O POST!

Finalmente o sorteio do Imaginaremos foi feito e agora vocês conhecerão o ganhador da camiseta exclusiva da Guilda das Capivaras, da Caneca completa da Guilda e do Kit Starter Set de D&D 5ª Edição…

Parabéns para Edson Bandeira! Entrarei em contato contigo para o envio dos prêmios. Agradeço a participação de todos no sorteio. Continuem acompanhando o Imaginaremos, pois muito em breve faremos mais um sorteio! E agora… Preparem-se para o exagero de EXALTED!

 


exalted___trade_paperback_by_udoncrewEm uma explicação rápida e precária, Exalted pode ser definido como uma fusão entre clássicos como Beowulf e o exagero de animes como Berserk. Claro que o título publicado pela White Wolf no ano de 2001 vai muito além desta simples frase e estamos aqui para mostrar o qual exaltado pode ser EXALTED.

Atualmente em sua terceira edição, Exalted tem como influências clássicos mitológicos, como as Ilíadas, A Odisseia e até mesmo a própria Bíblia. Além de buscar referencias em clássicos, os autores  Robert Hatch, Justin Achilli e Stephan Wieck buscaram se influenciar por obras Tales of Flatten Earth de Tanith Lee e Ninja Scroll, de Yoshiaki Kawajiri. Além, de é claro, exagerar em suas histórias com doses altas de epicidade, tão populares entre as animações japonesas.

O jogo utiliza dez dados de dez faces e uma versão alterada do popular Storytelling, sistema mecânico famoso graças a Vampiro: A Máscara, também publicado pela White Wolf. As regras de Exalted utilizam uma dificuldade mais elevada nas suas jogadas, primeiramente apresentada na trilogia de jogos da White Wolf, Aeon, Aberrant e Adventure, onde esse conceito de dificuldade elevada (7) foi primeiramente apresentado.

Os heróis de Exalted são apresentados durante o contexto do jogo a tarefas consideradas difíceis, mortais ou até mesmo impossíveis para seres humanos comuns. Entretanto, os personagens jogadores de Exalted estão longe de serem simples camponeses indefesos. Possuidores de encantos (no original, charms), os heróis podem aprimorar suas capacidades normais a níveis absurdos. Um simples Exalted pode, digamos, fazer uma única flecha tornar-se uma chuva letal de flechas caindo no campo de batalha. E os absurdos não param por aí! Os Exalted podem aprimorar seus encantos com essência acumulada, a energia universal que flui através de toda criação e em outros mundos, tornando suas ações ainda mais devastadoras.

exalted__shatter_by_udoncrew


 

A Era das Tristezas

exalted___issue_2_cover_by_udoncrewOs personagens, imbuídos de poderes sobrenaturais pelos deuses, são elevados de simples mortais para Exaltados (No original, Exalted). Apesar de o livro básico focar-se nos Exalted Solares, herdeiros do poder do Sol Indomável, outros Exalted são mencionados e expandidos em livros separados.

A história se inicia com os Primordiais, seres de vasto poder semelhantes as Deidades gregas originais ou os Deuses Antigos das obras de H. P. Lovecraft. Essas entidades moldaram a Criação, um mundo plano de extensão finita, através do Caos Primordial e colocaram deuses para vigiar tal criação.

Após algum tempo, tais deidades menores revoltaram-se contra seus criadores e decidiram tomar a Criação para si. Estes, chamados de Celestial Incarnae no original, representantes de objetos de grande adoração, como o Sol e a Lua, decidiram acabar com a regência dos Primordiais. Porém, os Celestiais eram proibidos de pegar em armas contra os Primordiais, então, esses deuses deram a alguns humanos excepcionais uma fração de seu poder, para que estes lutassem por eles. Esses humanos foram chamados de Exalted. Após um cataclisma, os Exalted triunfaram sobre os Primordias, massacrando sua maioria e forçando os restantes a rendição.

Após a vitória, os Celestiais retornaram para a cidade de Yu-Shan, criada para que pudessem vigiar a criação e deram aos Exalted algo parecido com o “Direito Divino dos Reis” como forma de prêmio pela ajuda no destronamento dos Primordiais. Desta forma, os Exalted não poderiam ser alvos de nenhuma autoridade  mortal e teriam o direito ao comando diretamente dos Celestiais. Os Primordiais restantes foram banidos para se tornarem parte integrante de um inferno conhecido como Malfeas, A Cidade Demônio. Agora conhecidos apenas como Yozis, tornaram-se Deidades impessoais, cuja adoração é acometida como a mais alta das heresias. Os Primordiais mortos se tornaram Não-Nascidos (Neverborn, no original), monstruosidades em repouso eterno, cujo fim impossível resultou na formação do Mundo dos mortos (Underworld, no original).

exalted_2nd_ed__jade_south_by_udoncrewComum em todas as publicações da White Wolf, os personagens de Exalted podem ser acometidos por fraquezas. No caso dos protagonistas dessa franquia, essa fraqueza é representada como A Grande Maldição, proferida nos últimos momentos pelos Primordiais mortos. Essa maldição se manifesta de inúmeras formas e causa aos “heróis” serem fadados à tragédia. Na história, Os Solares (Solar Exalted) tornaram-se decadentes e corruptos conforme os anos passaram. Após centenas de anos de intrigas e planejamento, uma insurreição planejada pelos Terrestres e Siderais destrona os Solares do poder, massacrando sua grande maioria e bloqueando o poder do Sol Indomável de criar mais Solares através da Exaltação. Uma organização chamada Wyld Hunt foi criada para matar os Solares restantes e expulsar os Lunares das terras civilizadas da Criação.

Durante os anos que se passaram, os Terrestres assumiram o controle da Criação, transformando o governo em uma espécie de Shogunato do Japão Feudal. Após dois eventos catastróficos conhecidos como O Grande Contágio (uma praga orquestrada pelos Não-Nascidos para expandir a população do Mundo dos Mortos e enfraquecer a Criação) e A Cruzada Baloriana (uma guerra de larga escala com o povo feérico, que buscava retornar o mundo ao Caos Primodial), uma jovem capitã ganhou acesso a poderosas armas da Primeira Era. Munida destas armas, ela primeiro ganhou a guerra contra o povo feérico, fixando assim sua dominância em praticamente toda a Criação, e então nomeou-se Imperatriz Escarlate.

exalted_2nd_ed__the_south_by_udoncrew

Cinco anos antes do ponto inicial indicado pelo jogo, a Imperatriz desapareceu. Apesar de ela já ter desaparecido anteriormente, desta vez é dito que ela pode não voltar. O Reino encontra-se  em colapso e pode entrar em guerra a qualquer momento. Na Prisão de Jade, o número de Solares cresce com o retorno gradual das Exaltações do Sol Indomável. Com as Casas Reais ignorando a crescente ameaça dos Exalted Celestiais (Sol e Lua) em sua busca de controle do Reino, a guerra apenas tende a escalar e tornar-se cada vez mais incontrolável uma vez que o estopim seja dado. Os jogadores são incentivados a deixar sua marca na Criação, seja para o Bem ou para o Mal.


Caso seja de interesse dos leitores do Imaginaremos, podemos fazer mais matérias sobre Exalted e outros títulos da White Wolf. Você tem uma sugestão? Nos envie um e-mail! imaginacapina@gmail.com


Por Murilo Lamegal, designer, ilustrador, empresário e alguém cansado de achar Tarrasque em arbusto alto.


Fechamento

Comentários

Populares

Topo