5 Músicas

5MÚSICAS Especial: Belchior

Ontem, dia 30, uma das lendas da música popular brasileira nos deixou. Ocorrido esse que não poderia deixar de render uma homenagem simples porém emocionada do Capinaremos à esse ícone. Homenagem essa elaborada pelo nosso colega Tripode, que além de entender do esporte bretão, escuta Belchior desde a infância, tornando-o o colunista ideal para tratar dessa homenagem.

Um dos maiores nomes da MPB, Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes, ou apenas Belchior, como ficou conhecido, é também um dos mais importantes compositores brasileiros. Ele é 13º entre 23 irmãos e foi o mais bem sucedido deles.

A sua carreira na música começou cedo, ainda criança ele foi cantador de feira e poeta repentista e depois foi programador de rádio em Sobral. Em 1962 se mudou para Fortaleza para estudar Filosofia e Humanidades, após isso foi estudar medicina, mas largou o curso no quarto ano para se dedicar à música. Foi quando ele conheceu Fagner.

Foi com Fagner que ele gravou a sua primeira música de sucesso: Mucuripe, que no ano de 1972 foi grava por Elis Regina e colocada no álbum Elis.

A partir de então Belchior era um cantor de sucesso, lançou seu primeiro álbum em 1974, chamado A Palo Seco, nome também de uma canção que esteve neste álbum e no Alucinação, de 1976. É também nesse álbum que se encontram outros grandes sucessos como Fotografia 3×4, Um Rapaz Latino Americano e Como Nossos Pais. Essa última também gravada na voz de Elis, posteriormente.

Até o ano de 1980 Belchior ainda lançaria várias outros grandes sucessos nacionais como: A Divina Comédia Humana, Tudo Outra Vez, Saia do Meu Caminho, Medo de Avião, Coração Selvagem, Todo Sujo de Batom, Paralelas, entre outras.

Pois em 2005 ele foi viver com Edna Prometheu e separou de sua então mulher Ângela. E é aí que a história do cantor começa a ficar estranha.

Após se juntar com Edna, Belchior começou a se desfazer de seus bens materiais e também parou de fazer shows. Foi processado por conta das pensões alimentícias de seus filhos com  Ângela e também sofreu de processos trabalhistas.
Uma de suas últimas apresentações foi em 2006 no programa Altas Horas, na ocasião Belchior cantou A Palo Seco junto com o grupo Los Hermanos.

Em 2007 Belchior saiu pelo Brasil junto com Edna, pulando de hotel em hotel e até dormindo em casa de fãs e deixando dívidas por onde passava. Em 2009, após rumores do cantor ter sumido, ele foi encontrado no Uruguai, em uma pousada, concedeu entrevista ao Fantástico onde disse estar compondo e traduzindo o clássico A Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Não muito depois de dar a entrevista o compositor sumiu novamente, deixando mais dívidas para trás e também seu laptop.

Voltou ao Brasil, mas continuou desaparecido, e a sua morte surpreendeu a todos, e mais ainda ao moradores de Santa Cruz do Sul que nem imaginava que o cantor morava por lá.

Ele foi realmente um rapaz latino americano que veio do interior, conquistou o Brasil todo, e apesar de ter ganhado muito dinheiro, parece que o destino estava escrito em sua música e terminou a sua vida sem dinheiro no banco.

Sem mais delongas, deixo aqui 5 músicas para conhecer Belchior.

Pra quem não tem Spotify:
Mucuripe – Belchior
Coração Selvagem – Belchior
Tudo Outra Vez – Belchior
Divina Comédia Humana – Belchior
Medo de Avião – Belchior

 

Comentários

Populares

Topo