• Papo Sério

    De blogueiro para blogueiro.

    Não tenho nenhuma receita pronta para o sucesso, até por que não sei se isso existe. Mas acredito que estou tempo suficiente nessa vida de blogueiro, e assim posso dividir essa pequena sabedoria adquirida através dos erros que cometi, para quem que está começando agora, não os repita.

    Esse é um post de um blogueiro, para blogueiros. Não de um guru da blogosfera para seus seguidores, como já vi em vários ‘blogs populares‘ por aí. Espero que consigam tirar algum proveito.

    1º) Seja paciente: Nenhum blog nasce grande e cheio de leitores. Bem, talvez se alguma moça aplicar o golpe da parceria no Tabet (leia-se: se uma mulher domar seu coração e exigir um banner na página inicial), caso o contrário, você terá que ter paciência. Não, o tempo não vai dizer se o seu blog fará sucesso ou não. O tempo irá dizer qual é o seu estilo de postagem, e se você agüenta o tranco de postar regularmente. Tendo identificado o seu estilo, e postando com regularidade, o resto é conseqüência.

    2º) Seja original: A Blogosfera pede desesperadamente por idéias inovadoras. Antes de abrir seu blog, tenha certeza que pode oferecer isso. Ela já está saturada de blogs com o mesmo conteúdo repetido. Encontre uma maneira de se destacar, é o caminho mais fácil para o reconhecimento.

    3º) Seja persistente: Não adianta fazer dez posts por dia durante duas semanas e desistir por que não tem comentários em seu blog. Ter uma boa média diária de posts ajuda, mas não vai adiantar nada se você parar logo. É melhor você utilizar um pouco do tempo das postagens para a divulgação do seu blog. E isso é algo que requer persistência também, use o Orkut, o Twitter, o Blogblogs, o Technorati, o Msn, os postes da sua cidade, o mural da escola, enfim, mostre para todo mundo o seu trabalho.

    4º) Pense antes de postar: Acredite ou não, eu faço isso. Você não pode simplesmente largar conteúdo em uma página da internet e esperar os frutos dela. Veja se o conteúdo do post pode ser ofensivo a alguma crença, raça, etnia e afins. Lógico que é impossível agradar a todos, todo o tempo. Mas é bom, pelo menos no início do seu blog, evitar picuinhas desnecessárias. A não ser que você queira aparecer através de humor negro, piadas racistas e xingamentos aos religiosos, o que é válido, mas não recomendável.

    5º) Divirta-se: Não deixe que o ato de blogar seja algo que lhe canse. Se você já se sente assim no início, pode parar de postar, parta para outra coisa, Pólo Aquático, talvez. O blog deve algo que lhe dê prazer. Antes de postar para alguém, você posta para você mesmo. E o melhor crítico das suas postagens também deve ser você, não deixe algum anônimo estragar esse hobby. Uma das coisas que eu mais gosto de fazer é traduzir tirinhas. Vocês já devem ter percebido, mas enfim, é algo que eu gosto e que fica bacana em um blog. Então, ache algo que você goste e blogue. Pode ser música, moda, notícias, fofocas, esportes, carros, tecnologia… O importante é ser feliz. ;D

    E chega, por que posts longos geralmente não são lidos em blogs de humor.

  • Ah Vai Carpi Milho

    Velhos sermões.

    Quem nunca levou um sermão dos pais? Ou dos avôs?

    Aquele velho papo que sempre começa com “Quando eu tinha a sua idade…“, ai eles detalham partes da vida sofrida que eles tinham quando eram crianças, para que assim possamos refletir o quão boa é a nossa vida atual.

    Pois bem, um gráfico que resume sermões:

    De pés descalsos e embaixo de chuva ainda.

  • Quadrinhos

    Fetiche.

    Fetiches são atos incomuns que acabam excitando certas pessoas.

    Um bem popular ultimamente vem sendo o fetiche por pés, e acreditem, tem gente maluca por eles…

    Safadeenhos!

Carregar Mais
Topo