The Imortal's

Brother Menezes


Pegue um time na segunda divisão, junte agora um elenco mediano e uma torcida desconfiada. O resultado não poderia ser outro, a permanência na Série B ou até mesmo o rebaixamento para a Série C. Agora adicione na equação em técnico extremamente competente, capaz de tirar tudo do pouco que tem, e ai encontramos a campanha de 2005 do Grêmio.

Luis Antônio Venker Menezes ou simplesmente Mano Menezes, teve uma passagem pelo Grêmio que muitos nunca esquecerão. Pegou um time desacreditado, afundando em dividas e picuinhas e com jogadores medíocres. E em pouco tempo soube aplicar o unico fator de real importância para identificarmos um time do Grêmio, a raça. E batalha após batalha o Imortal Tricolor dos Pampas, junto de seu líder, venceu a guerra da Série B.

Se isso não bastasse, no ano seguinte Mano conseguiu, com um time muito inferior, ganhar o título do Campeonato Gaúcho em cima do nosso maior rival. E ainda fazer uma ótima campanha do Brasileirão, classificando o Grêmio a Libertadores da América.

Em 2007, novamente após ganhar o Gauchão, o Tricolor fez bonito na Libertadores. Batendo grandes times como o São Paulo hoje Penta Campeão Brasileiro e o Santos de Luxemburgo. Só parando na final, contra um time muito superior, e acredito eu, com uma falta de sorte tremenda.

Por isso Mano, fica aqui a singela homenagem desse capinador gremista. Obrigado por tudo que tu fez pelo Grêmio, espero que tu tenhas sucesso e reconhecimento para onde tu fores. E volte algum dia, para termos mais uma vez, muitas glórias juntos.

Mano Menezes, definitivamente, é um The Imortal.

Comentários

Populares

Topo