Publicidade

Sangue e Gelo.

Mais uma dica de livro para vocês, queridos leitores.

Dezembro de 1856. Em meio a uma tempestade, nas proximidades do Polo Sul, marinheiros aterrorizados fazem um casal caminhar pela prancha do navio e se jogar ao mar. Portadores de má sorte, eles dizem, perpetuadores de uma terrível maldição.

Mais de 150 anos depois, um fotojornalista em profunda crise aceita um convite para fazer uma reportagem na estação de pesquisa científica americana na Antártica. Ele espera pela chance de fotografar muita coisa que jamais tivera oportunidade de ver na vida: animais exóticos, icebergs imponentes, nevascas assustadoras. Mas dois corpos trajados em roupas vitorianas, perfeitamente preservados dentro de um bloco de gelo, são uma descoberta que vai além dos seus sonhos mais delirantes.

Em Sangue e Gelo, conhecemos a dimensão trágica da história de amor entre o tenente Sinclair Archibald Copley, do 17º Regimento de Lanceiros do Exército inglês, e a enfermeira Eleanor Ames, da equipe formada pela pioneira da enfermagem, Florence Nightingale. Um amor que sobrevive aos preconceitos de classe, ao horror da Guerra da Crimeia – e aos séculos.

Testemunhamos, através do olhar atento e um tanto amargurado de Michael Wilde, a dura sobrevivência de militares e cientistas numa base isolada no continente mais inóspito da Terra.

Conheça mais sobre o livro e adquira já o seu no site da Editora Objetiva.

Comentários

Populares

Topo