Eurakapina: Como funciona a bomba atômica?

eurekapina_banner

Um pouco atrasado mas finamente aqui pra vocês! Hoje vamos falar sobre bombas atômicas! Bombas nucleares são armas com poder de destruição tão imenso e avassalador que merecem o nome de a bunda gorda da sua mãe! armas de destruição em massa! Afinal, o que é melhor de se falar do que algo que é extremamente destrutivo e devastador, nós estamos todos inclinados ao fascínio que é a destruição.

Bomba

Mas então, o que diabos é uma bomba atômica? Uma bomba atômica é uma bomba que funciona através da fissão (mais fácil e mais comum) ou fusão de átomos. Como funciona? Na verdade é bem simples, mas antes é necessária uma breve explicação sobre como é um átomo.

O átomo é constituído por um núcleo e uma eletrosfera, esse núcleo contêm prótons e nêutrons e na eletrosfera tem elétrons, esses prótons e nêutrons estão sendo regidos por uma força que não conhecemos aqui no mundo Newtoniano, essa é chamada de força-forte (vemos aqui que cientistas não se preocupam com redundâncias), lembremo-nos dessa força. Tá, e aí, o que isso tem a ver com a bomba? Lembram que eu falei de fissão? A fissão é uma rachadura causada no núcleo atômico que parte o núcleo em dois liberando uma quantidade assustadora de energia, a quantidade de energia liberada é o motivo da qual é chamada de força-forte.

E por que se fala tanto em Urânio quando o assunto é energia nuclear? Porque ele é o elemento mais fácil de quebrar (mais físsil) e mais fácil de ser encontrado da tabela periódica (Brasil tem a 7ª maior reserva mundial), mas existem tipos de urânio, chamados de isótopos, dentre os quais os mais relevantes são o urânio-238 e o 235, este por sua vez é o mais físsil (umas 1000 vezes mais), o enriquecimento de Urânio se dá através de difusão gasosa ou ultracentrifugação.

unnamed

Tá, e como funciona?

Por ter um núcleo grande o Urânio é instável, isso gera radiação, mas por ser instável ele pode ser quebrado se tiver um empurrãozinho por um canhão de nêutrons que quebra o Urânio formando outros dois elementos e mais 3 nêutrons e esses 3 nêutrons vão quebrar mais 3 átomos e assim sucessivamente, por isso é tão perigoso (tá… nem só por isso), porque qualquer explosão nuclear pode iniciar uma reação em cadeia pode alcançar a camada de ozônio (tem mais chances com bombas mais potentes), numa guerra nuclear a nossa camada de ozônio iria para o pau, então nem as máquinas da Skynet iriam suportar os raios ultravioleta emitidos pelo sol.

Para que haja a explosão é necessário massa o suficiente de Urânio (3,5 kg) porque se não os nêutrons vão embora sem ver nenhum átomo para quebrar e não acontece a reação em cadeia, então basicamente a bomba é uma mistura de duas massas de urânio enriquecido que atingem a massa crítica da explosão e ocorre uma reação em cadeia liberando 2×10^10 kJ/mol, e o que é isso? É 2 bilhões de vezes mais forte que a queima de etanol.

235U + 1n     > 141Ba + 92Kr + 3 1n        -2×1010 kJ/mol

Porra mano ainda não entendi o quanto é isso. PORRA É ENERGIA PRA CARALHO! Com 1 mol de urânio (238g) você poderia rodar 840 mil Km com seu carro, (mais que o dobro da vida útil de qualquer motor).

unnamed (1)

Mas tu falou sobre fusão nuclear, como funciona essa? A fusão nuclear ocorre quando um átomo é fundido a outro, usamos o Hidrogênio por ser o mais fácil (por isso bomba H), formando um átomo de Hélio e liberando um nêutron, necessitando de muita energia para gerar calor e pressão tranquilos e favoráveis para que ocorra o processo, de modo que a espoleta da explosão da bomba H é uma simples bomba de fissão nuclear (sim! uma bomba dentro da outra! bomba inception!), mas essa bomba precisa de outra coluna.

Espero que tenham gostado galera, tenho em mente mais colunas sobre isso, dúvidas podem me contatar nos comentários abaixo ou no email [email protected]

Comentários

Populares

Topo