Romanticamente Apocalíptico

Romanticamente Apocalíptico [98]

RA98G

sniiip

Na tentativa de ignorar as vozes metálicas de objetos domésticos que ainda reverberavam na minha cabeça, andei em torno de um complexo de apartamentos, estava muito agitado…

Eles estão realmente conspirando para matar o Capitão?
Será que eles estão com o… Piloto?
Quem são eles?
Por que eles tomaram as formas de caneca, canudo e joaninha?
Por que eu posso ouvi-los?
Será que o tecido da minha realidade está de fato de rasgando?
Estarei ficando louco?
Certamente, há uma explicação razoável para tudo isso.
Aposto que o Capitão está gravando essas vozes com o Piloto só para mexer com a minha cabeça. Talvez ele tenha usado um gravador e tenha escondido ele no fundo da caneca.
Na verdade! Deve ser isso! Como fui ingênuo…
Pfff … canecas falantes!
Eu aposto que eu vou descobrir uma nova nota no calendário que marca hoje como “A Revolta dos Objetos de Domicílio, da qual somente a bota esquerda do Snippy pode nos salvar.”

Os passos do Capitão e Engie me levaram para fora do prédio, então eu os segui, na esperança de encontrar explicação, esclarecimento, qualquer coisa mesmo … até companhia, não importa o quão horrível seja com o Capitão sempre propondo coisas ultrajantes e Engie simplesmente me ignorando.

Vestindo uma pequena mochila e rifle recém encontrado, tentei localizar o caminho na neve que podia me levar para os meus companheiros, mas a neve estava caindo muito forte para que eu tivesse sorte alguma para encontrar alguém.

Como é frustrante. Normalmente, é incrivelmente fácil de localizar o Capitão graças ao seu vozeirão de comandante.

Eu não sei como o Capitão consegue falar tão alto usando uma máscara. Amplificação eletrônica, talvez? Se for, então ele deve estar com uma modificação de voz ou o retorno seria enorme.

Eu me perdi, admirando as construções titânicas que ainda se erguiam, aqui e ali, e penetravam no céu. Mesmo em sua ruína, as superestruturas da Direcção pareciam esmagadoramente imponentes, imóveis e terrivelmente sinistras.

No entanto, as geleiras em constante expansão, montanhas de gelo e neve desencadeada pelo inverno nuclear … Vão devorá-las, achatando e triturando os que ainda estão de pé, lápides monolíticas de nossa civilização em nada.

Ossos de mamutes mutantes enchiam os lagos congelados. Eu especulo que essas monstruosidades foram cultivadas para o entretenimento de gerações passadas. Talvez eles foram posteriormente alterados graças a armas biológicas, vírus de engenharia usados para quebrar DNA e empurrando a evolução rapidamente, até ela ficar fora de controle. Um dos ossos rachou e me deu um banho de pó prateado quando caiu no chão e quebrou.

Por um segundo, eu me agarrei a minha máscara, com medo de inalar. Não, é muito frio. As armas biológicas são latentes, dormindo debaixo do gelo,  e o seu poder está entorpecido pelo ar gelado.

Como eu me aventurei mais para dentro do deserto gelado, eu senti que algo estava vigiando intensamente minhas costas. Voltei atrás e não encontrei nada.
Fosse o que fosse, ele estava me seguindo, sem fazer barulho nem deixando uma pegada que eu pudesse acompanhar. Ele foi tranquilo, muito quieto para um mutante-worm como Photoshop, muito tranquilo, mesmo para um caçador-fantasma que desliza sobre o gelo em busca de vítimas orgânicas infelizes.

Que diabos …

Não, não pode ser! Certamente não pode ser!

AGRADECIMENTOS:

Alexius, pela sua brilhante criação;
Aos apoiadores do Capinaremos, que atingiram a meta para o retorno do RA;
Eu, pela tradução do texto deste capítulo.

Comentários

Populares

Topo