Animaremos

Animaremos – Mobile Suit Gundam: Iron-Blooded Orphans [Hikaji/Anime]

Adivinha quem voltou trazendo mais robôs gigantes? Eu, Hikaji, uhul, valeu, é nois!

       Quando eu vi o anúncio de Iron-Blooded Orphans (apelidado carinhosamente de IBO por preguiça) fiquei muito feliz, pois havia terminado Build Fighters Try há pouco tempo e G no Reconguista não me agradou muito, então fiquei animado para ver como seria esta produção. O tempo passou, eu esqueci e este ano, vagando pelo YouTube, esbarrei em um vídeo da série, que me cativou pela qualidade da animação. Fui assistir e Zanfa do céu, que série. Agora vocês vão ter que me aturar falando de robô. De novo. Grato.  logo       Mobile Suit Gundam: Iron- Blooded Orphans foi lançado em outubro de 2015, é escrito por Mari Okada (Anohana, Darker Than Black, Toradora!) e dirigido por Tatsuyuki Nagai (Anohana, Toaru Kagaku no Railgun, Toradora!), que trabalharam muito bem juntos na composição desta série. Se você já assistiu alguma série de Gundam, já espera um clima pesado de guerra e conflitlogo-2os variados, gente morrendo sem dó e tudo mais. IBO trás estas importantes características encontradas em outras séries,mas a trabalha de uma forma que toda informação não seja entregue ao espectador de uma vez, apresentando o universo da série aos poucos, a medida que os protagonistas vão aprendendo sobre ele.
      A série conta a história de Mikazuki e Orga, dois amigos de infância que fazem parte de uma organização de segurança privada chamada CGS, em Marte. Kudelia, que deseja conseguir a independência de Marte em relação a Terra, contrata a CGS para escoltá-la até a Terra em uma missão diplomática. Porém, uma força militar contrária a este movimento chamada Gjallarhorn, ataca a sede da CGS com o intuito de parar a rebelião que Kudelia tentava iniciar. O Primeiro Grupo da CGS evacua a base, usando o Terceiro Grupo como distração. Orga, que percebe a situação, organiza uma resistência com seus companheiros do Terceiro Grupo e conseguem lutar de igual para igual. Porém, Gjallarhorn envia três Mobile Suits, abrindo uma grande vantagem para a organização militar. O Terceiro Grupo, porém, consegue ativar um antigo Mobile Suit chamado Gundam Barbatos, que servia como gerador para a base de CGS. Mikazuki, pilotando Barbatos, chega na luta e derrota facilmente os três Mobile Suits, obrigando Gjallarhorn a recuar. Após a batalha, Orga e o Terceiro Grupo tomam o controle da CGS, matando o Primeiro Grupo, assumindo o nome de Tekkadan e aceitando o pedido de escolta de Kudelia até a terra.

mikazuchi-arma

      A personalidade dos personagens é bem definida, sendo que, com o passar da série, fica clara a função de cada um deles ali e cada um desempenha seu papel muito bem, fora o sentimento de união que está presente o tempo todo. Para eles, cada integrante da Tekkadan é um membro da família. É interessante ver como a Tekkadan, composta em sua maioria por adolescentes e crianças, se torna uma potente força armada e acaba caindo de para-quedas em meio a diversos conflitos políticos, o que os leva a crescer e se comportarem como adultos. A trilha sonora se encaixa bem na trama, realçando os momentos na medida certa, principalmente nas cenas de ação. E meus amigos, que cenas de ação. Cada golpe é perfeitamente bem colocado e a forma como Barbatos é superior aos inimigos fica bem claro pela forma como se movimenta e ataca.

       A série conta com duas temporadas, a primeira com 25 episódios e a segunda, com 8 episódios. É lançado todos os domingos e pode ser assistido oficialmente com legendas em português pelo site Daisuki, o que é bem interessante, já que desta forma podem quantificar a popularidade da série aqui no Brasil e talvez trazer mais conteúdo relacionado a Gundam para o Brasil, o que seria ótimo.


orga-mika

       Por hoje é só pessoal, o que acharam da série? Gostaram? Não gostaram? Comente ai, sua opinião é muito importante para nós. Grato, voltem sempre!

 

Escrito por: Hikaji, jogador noob de LoL, Hearthstone e Pokémon. Futuro psicólogo, acredita que Chrono Trigger seja o melhor jogo do mundo. Adora robôs gigantes, gunplas, patins e a noiva que é a coisa mais linda do mundo. Colecionava mangás, mas como a verba está curta agora aceita doações. Sonha em ficar rico e abrir um fliperama.

Dúvidas e sugestões: [email protected]

Comentários

Populares

Topo