• Egocentrismo

    Tropa de Elite, de novo?!

    Filho do Nascimento. Que lindinho!

    Tá certo. O filme mais pirateado da história do cinema brasileiro já deu muito pano pra manga. Já rendeu muitos posts e discussões. Juro que esse é o último post aqui. Eu acho…

    Já viram o Funk da Tropa? Hahaha, é muito bom. Uma união do Tabet com o DJ Raphael. Não poderia sair coisa ruim né?


    Viram que style tá o embed do youtube? Chique no urtimo!

    Em tempo: Pela primeira vez na história desse blog, ganhamos alguma coisa. É uma indicação de ‘blog que vale a pena conferir’ do nosso parceiro Enxadrista. Ah, muleque!

    A tradição nos diz que devemos recomendar 5 blogs, eis aqui eles então, sem chorumelas:
    Linha do Trem, Uebas, Irmãos Brain, BlogoNews e Chongas!

  • Quadrinhos

    Adoráveis!

    Um quadrinho sem humor negro, sem piadas racistas, ou machistas, ou de cunho sexual. Um quadrinho que não é político, que é bem desenhado, que fala do cotidiano. Um quadrinho fofo, adorável! Ou seja, um quadrinho para a ala feminina dos leitores do Capinaremos.

    Clique na imagem para ver melhor.

    Trata-se dos quadrinhos Bichinhos de Jardim, desenhados por Clara Gomes. Uma joaninha conselheira, um caramujo filósofo e sua amiga borboleta, além de vários outros personagens, formam essa turminha. Recomendado.
  • LOL Risos

    Fidelidade partidária

    O amor é lindo.

    O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (17) por unanimidade em primeiro turno a proposta de emenda constitucional que impõe a fidelidade partidária. O texto afirma que o mandato pertence ao partido e não ao candidato e teria validade já nas eleições de 2008, para prefeito e vereadores, e de 2010, para presidente, governadores, deputados e senadores.

    Aqui.

    Decretaram a monogamia partidaria. Mas tenho certeza que sempre irão existir as ‘puladas de cerca‘.

  • LOL Risos

    Sapeca Iaiá, rótulo preto, 12 anos!

    Isso que o Equador levou no segundo tempo do jogo de ontem. Em 13 minutos, levou 4 gols. Nesses 13 minutos o Brasil jogou tudo o que não jogou lá em Bogotá. O trio parada dura se encaixou. Ronaldinho Trairucho fez o dele, Kaká (que vai ser o melhor do mundo) simplesmente acabou com o jogo e Robinho fez um drible que o tal do número 4 do Equador vai poder contar para os netos que levou aquele drible maravilhoso.

    Vagner Love, mais leve depois de perder seu brinco de R$100.000,00, jogou bem e por pouco não fez uns 3 gols. A defesa estava excelente, Juan e Lúcio são uma das melhores, se não a melhor, dupla de área do mundo. Só faltou colocar o Afonso para ele fechar o caixão.

    E a torcida foi um capítulo a parte. O que era aquilo? O Brasil tem que fazer amistosos no Brasil! Chega de ir lá pra Suíça, Russia e Putaqueparilândia! O brasileiro adora essa seleção, ama empurá-la rumo ao gol e não pode ficar longe dela 7 anos!

    Ontem teve direito a tudo. Frango, drible, defesa, vaias, golaços, aplausos. Até cantigas tradicionais como: “Ooo Toma no Cu Galvão! Toma no Cu Galvão! Toma no Cu Galvãããooo!” e “Hey, Galvão! Vai toma no cu! Hey, Galvão! Vai toma no cu!”. Eu amo essa torcida.

    Será que a minhoca rabugenta técnico tem algo a declarar?

    Que barbaridade tchê! Nunca fica satisfeito esse infeliz!
  • Egocentrismo

    BA – Blogueiros Anônimos

    Clique na imagem e faça o teste, em inglês.

    Fiz esse teste ai de cima, Blog Addiction, e não me surpreendi com o resultado. Afinal, tudo o que se passa em minha volta pode fatalmente se tornar um post. Desde a quebra do bagulho que abre a porta da besta que me traz do curso até o ínicio da terceira guerra mundial.

    Quem você se torna blogueiro, tudo ganha um novo contorno. É uma coisa até certo ponto boa, pois você passa a prestar atenção aos pequenos detalhes do dia-a-dia. Até certo ponto por que também não podemos passar daquela linha de antenados para alienados ao blog. Existe vida sim, além da Blogosfera.

    Eis o resultado do meu teste:

    Até que não foi tanto assim.


    Vi lá na Dani.

  • Ah Vai Carpi Milho

    De volta ao Maraca…

    A seleção brasileira volta hoje, quarta-feira, a jogar no Maracanã. Já se passaram 7 anos desde a última vez, contra a Bolívia, jogo que acabou 5×0 para o Brasil com direito a 3 gols do Romário.

    Aqui.

    Já foram vendidos mais de 83 mil ingressos para a partida, ou seja, a população inteira da minha cidade, e mais um pouco. Agora fica pra você pensar, se o Maracanã é grande ou a minha cidade é pequena.

    Toda cidade no maraca. Cidadãos ilustres de Farroupilha marcados.
  • Egocentrismo

    1 mês de blog!

    Isso mesmo, com as primeiras postagens feita no dia 17 do mês passado, o blog tem um mês de vida. 120 postagens, ou seja, cerca de 4 postagens diárias. E mantendo firme e forte. Mas deixando essa baboseira de matemática pra lá. Vamos ao que interessa.

    Dá vontade de bocejar vendo esse camelo.

    Cada ocasião especial merece uma comemoração, não é mesmo? Isso foi uma das razões do porquê o blog foi criado. Eu já até imagino hoje a noite, que festança.

    Jogando trilha, tomando um trago, vendo a seleção…
  • Ah Vai Carpi Milho

    Capinador piadista

    Freirinha

    Um táxi pega uma freira. Ela entra no táxi, e nota que o motorista não para de lhe olhar.

    Ela pergunta porque ele está olhando.

    O motorista responde…”Eu tenho uma pergunta para te fazer, mas não quero te ofender.”

    A freira responde, “Meu filho, você não pode me ofender. Quando você é tão velha como eu e ter sido freira por tanto tempo, tenho quase certeza que já ouvi quase tudo. Não há nada que você diga que ira me ofender.”

    “Bem, eu sempre tive a fantasia de beijar uma freira.”

    Ele responde, “Bom, eu posso lhe atender, com duas condições: #1, você tem que ser solteiro e #2, você tem que ser católico.”

    O motorista de táxi fica muito feliz e responde , “Sim, eu sou solteiro e católico!”

    “Beleza” diz a freira. “Pare ali no próximo beco.”

    A freira satisfaz o desejo dele com um beijo que faria uma profissional corar.

    Mas quando eles voltam para o táxi, o motorista começa a chorar.

    “Meu filho querido,” disse a freira, “Por quê você está chorando?”

    “Perdoe-me, mas eu pequei. Eu menti e devo confessar, eu sou casado e judeu.”

    A freira diz, “Não tem problema. Meu nome é Juarez e eu estou indo para uma festa a fantasia.”

Populares

Topo