• Autobiografia

    Sandro Sanfelice – Uma autobiografia baseada em fatos reais

    Tudo começou no dia vinte e nove de janeiro de mil novecentos e oitenta e nove.

    Quer dizer, começou cerca de quarenta semanas antes disso, ou nove meses. Quer dizer, tudo começou quando meus pais foram gerados… Ou os pais deles, ou os pais dos pais deles.

    Bom, tudo começou há muito tempo atrás, mas essa história especificamente começou no dia 29 do primeiro mês do ano de 1989.

    O tempo é relativo, já diria nosso querido Albert Einstein, pra você os 30 anos que separam o agora do começo da nossa história podem parecer pouco tempo, para os mais jovens pode parecer muito tempo. Pra mim, que literalmente estou vivo apenas durante esse tempo, foi todo tempo do mundo. Parece muito, mas ao mesmo tempo passou num piscar de olhos.

    Você poderia dizer que um pessoa de 30 anos é nova demais para escrever uma autobiografia e eu, até pouquíssimo tempo atrás, concordaria com você. Sim, para os velhos parâmetros autobiográficos 30 anos é relativamente novo demais. Geralmente você lê biografias póstumas de alguém, ou quando a pessoa está velha demais para sequer lembrar de tudo que fez na vida.

    Eu poderia esperar chegar aos 50, 60… 80 anos para escrever essas linhas. Mas eu não tenho certeza de quanto tempo de vida me resta, ninguém tem. Jovens geralmente não se preocupam com questões abstratas como tempo e saúde, isso são coisas que a gente simplesmente tem de sobra. É com a maturidade que você aprende que tanto o tempo quanto a saúde são recursos escassos, que devem ser cuidados com carinho, para que assim evitarmos problemas futuros.

    Então sim, escreverei uma autobiografia com 30 anos. E nada mais justo que ela seja publicada em primeira mão, em formato de posts, aqui no meu querido blog.

    Ela não serve para ser vendida aos milhões de exemplares, nem para exaltar meus maravilhosos feitos. Essa biografia serve para que eu descarregue da minha mente alguns fatos, para que eles sejam escritos, impressos e distribuídos pelo Brasil e quiçá pelo mundo. Penso que quando está assim, preto no branco, isso se torna mais real e factível do que só existindo em nossas mentes, mesmo que no coletivo de mentes que viveram aquela mesma realidade com você.

    Se você está lendo isso, provavelmente você me conheceu pessoalmente em algum momento da minha vida, fico grato e honrado que você tenha ficado motivado a ler essas páginas, espero que você seja citado e você encontre seu nome nesse livro. Mas não fique triste caso não tenha sido, isso apenas significa que você não foi o suficientemente especial na minha vida, com certeza tu fostes especial na vida de várias pessoas, incentive-as a também escreverem autobiografias.

    Não vou prometer a frequência de postagens autobiográficas, mas pretendo escrevê-las conforme as histórias forem aparecendo na minha cabeça.

    Até o próximo capítulo, ou o primeiro capítulo, dependendo do ponto de vista.

  • Capinaremos Recomenda

    Twitch TV é uma das principais ferramentas de entretenimento dos brasileiros

    Twitch TV ganha terreno e é uma das plataformas live streaming preferidas dos brasileiros

     

    Não é novidade que o live streaming tornou-se uma das formas mais populares de entretenimento nos últimos anos. Com a grande demanda por esse tipo de entretenimento em alta, isso ajudou a alavancar novas plataformas streaming e consolidou as tradicionais, como o YouTube, por exemplo.

    Com grande fluxo de streamers e visitantes diários no Brasil e mundo, uma das plataformas de live stream que mais cresceram na última década foi a Twitch TV. No entanto, o sucesso não veio da noite para o dia e tudo começou em 2005, com o lançamento da Justin.tv.

    No começo, a Justin.tv dividiu opiniões e seu conceito de reality show irritava algumas pessoas, que ficavam perguntando aos administradores como poderiam utilizar o site para criar seus próprios vídeos online.

    Após seis anos de muito aprendizado e ciente da necessidade de criar uma rede transmissão eficiente para videogames, a Justin.tv deu uma tacada de mestre e lançou a Twitch TV em 2011.

    “Este é apenas o começo do que queremos construir. Criamos este site para apoiar a comunidade de esportes eletrônicos. Já que todo mundo na equipe é um jogador, é um site feito por fãs de e-sports, para fãs de esportes eletrônicos”, disse Emmett Shear na época do lançamento, que é co-fundador da Justin.tv e CEO da Twitch TV.

    Desde o seu início, a Twitch TV formou parcerias com as principais organizações de e-sports do mundo e o crescimento da plataforma ajudou, de maneira direta e indireta, os esportes eletrônicos a desenvolverem uma ampla rede profissional com jogadores famosos e grandes patrocinadores.

    Nova era após ser adquirida pela Amazon

    Em 2014, a Amazon resolveu investir pesado no mercado de streaming e comprou a Twitch TV por US$ 970 milhões. Em conferência de imprensa após o anúncio da aquisição feita pela Amazon, Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon.com, dava alguns indícios do que seria a plataforma sob seu comando anos mais tarde.

    “Transmitir e assistir jogabilidade é um fenômeno global e a Twitch construiu uma plataforma que reúne dezenas de milhões de pessoas que assistem a bilhões de minutos de jogos por mês. Como o Twitch, ficamos obcecados com os clientes e gostamos de pensar de forma diferente, e estamos ansiosos para aprender com eles e ajudá-los a se mover ainda mais rápido para criar novos serviços para a comunidade de jogos” disse Bezos.

    Sob as diretrizes da Amazon, a Twitch TV ganhou novos mercados, ditou tendências e aumentou o número de usuário ativos. Para se ter uma ideia, em 2018, apenas um streamer, Tyler “Ninja” Blevins, teve aproximadamente 218 milhões de horas de transmissão assistidas pelos entusiastas.

    Além disso, de acordo com a SuperData, empresa especializada em pesquisas de mercado, a Twitch contribuiu com US$ 1,6 bilhões dos US$ 5,2 bilhões em receita que foram geradas em todas as plataformas do segmento.

    Febre entre os brasileiros

    País de dimensões continentais e com a quinta maior população do mundo, o Brasil é um excelente mercado para as plataformas de streaming. De acordo com pesquisas da empresa Media Plus, representante da EA Sports e da Twitch, o Brasil conta com mais 11 milhões de jogadores ativos nos esportes eletrônicos.

    Aproximadamente metade da audiência da plataforma no Brasil vem de um público com faixa etária entre 16 e 24 anos. Já o game mais popular no país é o League of Legends (LoL), com 31% do mercado.

    No entanto, o sucesso da Twitch TV no Brasil não está restrito somente a e-sports e uma das chaves do aumento da popularidade da plataforma nos últimos anos foi procurar novos públicos e abrir espaço para novos segmentos, como poker e o futebol americano.

    Poker

    Reflexo das proporções gigantescas que o poker tomou no Brasil, que atualmente é praticado por mais de oito milhões de pessoas, canais de poker da Twitch ganharam mais espaço no país. Eles contam com conteúdo ao vivo relacionado ao esporte 24 horas por dia e atraem muitos jogadores recreativos que estão iniciando no esporte das cartas.

    Um dos streamers de poker mais famosos na plataforma é Parker “TonkaaaaP” Talbot’s, atleta profissional da 888 poker, que exibe em tempo real algumas de suas performances em grandes torneios nos feltros online.

    Parker “TonkaaaaP” Talbot’s” é um dos streamers de poker mais assistidos no mundo

    “Eu me acho bastante original e amigável (nas transmissões) e acredito que as pessoas curtem isso. Também sou geralmente otimista, e me animo com a energia do chat. Eu nunca poderia transmitir e me animar ou ter essa energia se não tivesse todos esses seguidores me acompanhando e me incentivando a continuar. Ganhar centenas de milhares de dólares, em algumas ocasiões, também pode ser de muita ajuda”, disse ele entrevista para o 888poker.

    No Brasil, canais populares como 888poker, Sensei Poker e Brasil Poker são importantes para os praticantes adquirirem novas estratégias e aprenderem novas nuances do esporte com profissionais de alto nível técnico.

    O saldo da influência já parece ter sido positivo e no último mundial de poker online o Brasil foi o país que conseguiu mais medalhas de ouro (24), tendo inclusive superado grandes potências mundiais da modalidade, como Reino Unido, Rússia, Canadá e Alemanha.

    Futebol americano

    De acordo com a Global Index Web, aproximadamente 20 milhões brasileiros são fãs da NFL, principal liga de futebol americano do mundo. Em termos de audiência, o Brasil só fica atrás de Estados Unidos e México.

    Brasil é o terceiro país que mais assiste a NFL no mundo

     

    Na última temporada da NFL, os fãs brasileiros tiveram a oportunidade de assistir de maneira gratuita os jogos das quintas-feiras à noite da liga. O acordo foi feito pela Amazon, que já transmitia jogos da NFL no exterior pela Prime Video.

    De acordo com a Amazon, o número de audiência mundial da NFL nas plataformas live streaming da empresa cresceu em cerca de 33% após a inclusão da Twitch TV nas transmissões.

    Futuro da Twitch TV no Brasil

    As TVs por assinatura não estão com dias contados, mas é fato que houve uma queda significativa no número de assinantes nos últimos anos. Segundo dados divulgadas pela Anatel no final de 2018, o mercado de TV paga perdeu, somente em novembro do ano passado, cerca de 119,3 mil clientes. Foi a maior perda de assinantes nos últimos 17 meses.

    Parte da queda deve-se ao aumento da popularidade das plataformas live streaming. Além de terem vasto conteúdo gratuito disponíveis a qualquer momento, a maior interatividade e praticidade dessas plataformas parecem ter conquistado o público jovem.

    De acordo com Matt Pereira, responsável pelas vendas da Twitch no Brasil, somente nos três primeiros meses de 2018 os brasileiros consumiram 1.8 bi de minutos de conteúdo na plataforma.

    Em expansão e ganhando novos mercados através de investimentos pesados, a Twitch TV tem tudo para continuar a avançar no mercado nacional e o futuro do setor por aqui é muito promissor.

  • Feels

    Mãe é fonte de vida.

    Ontem, 12/05, foi o Dia das Mães.

    Sei que já existem diversos textos exaltando a importância da maternidade, mas senti a necessidade que escrever mais um.

    Esse dia dedicado as mães me fez refletir sobre o quão significativo é o ato de gerar uma nova vida humana. Não apenas no ventre, durante os nove meses de gestação, mas a doação de vida, cuidado e carinho que é feita para o resto da vida.

    Existem diversas maneiras de cuidar e de amar, mas independentemente do estilo da sua mãe, é válido ponderar o quanto da própria vida ela abriu mão em detrimento da sua vida. Quantos hobbies, quantas festas, quantas viagens e quantos trabalhos tiveram que ficar para depois por causa das tuas fraldas sujas?

    Mesmo assim, caso você pergunte para qualquer mãe se valeu a pena a jornada, são poucas as que demonstrarão algum arrependimento.

    Então valorize sua mãe e os esforços que ela teve, perdoe sua mãe e os possíveis erros que ela tenha cometido, ela é um ser humano como qualquer outro, com virtudes e fraquezas, vícios e medos. Entenda suas motivações e, se possível, ajude-a a realizar seus sonhos.

    Obrigado por tudo, mãe.

Topo